O entrosamento que dá certo: Futebol & Cerveja

Futebol & cerveja é uma combinação óbvia, praticamente quase tudo combina com a bebida fermentada, feita de lúpulo e cevada. O mercado de cervejas é um dos que mais investe em marketing. Atualmente, a cerveja é a 4ª bebida mais consumida no mundo, perdendo apenas para o café, ocupante do 1.º Lugar. O chá está em segundo e o suco de laranja em 3º.

No Brasil, a cerveja é a bebida alcoólica mais consumida, apesar da proibição da venda em estádio de futebol, conforme Estatuto do Torcedor e protocolo da CBF celebrado com o Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público.

Sabedores do grande potencial de venda da cerveja, as grandes empresas de bebidas buscam estampar suas marcas em camisas de time de futebol, fomentando com isso o consumo e a visibilidade.

Imagem relacionada

Imagem: pasionaguila.com

Sobre a propaganda e a divulgação de bebida alcoólica em nosso País, a Lei nº 9.294, de 15 de julho de 1996, foi sancionada com objetivo restritivo e proibitivo. Em seu corpo legal, veta o patrocínio de empresas de bebidas alcoólicas em atividades culturais e esportivas em território nacional.

Esta norma positivada em 1996, afetou o Corinthians financeiramente no final de 2016. O clube alvinegro apresentou uma parceria de três anos com a cervejaria espanhola Estrella Galícia, que investe algo em torno de R$ 10 milhões por temporada. Contudo, se não houvesse a restrição legal, o valor arrecadado pelo clube seria maior. O motivo é que a cervejaria ocupará destaque apenas nas camisas de treino e roupas de viagem do Corinthians, obedecendo imposição legal.

Resultado de imagem para corinthians estrella galicia

Imagem: scoopnest.com

Passando para o nosso vizinho de “muro”, a cervejaria argentina Quilmes é a mais consumida pelos argentinos, tornando-se um símbolo nacional. Nos anos de 1996 a 2001, patrocinou as duas maiores equipes do país: Boca Juniors e River Plate, conduzindo o Boca a dois títulos de Libertadores, 2000 e 2001, e o River ao título continental em 1996.

Atualmente, mantém parceria com a equipe de sua cidade de origem, o Quilmes Atlético Club, fundado em 27 de novembro de 1887, tendo como alcunha “Os Cervejeiros”.

Resultado de imagem para river campeão 1996

Imagem: goal.com

Na Inglaterra, temos outra dinastia da cerveja: a Carlsberg Group, ou Carlsberg, é um conglomerado de cervejarias, detendo os direitos de mais de 500 rótulos e marcas de cervejas.

Além disto, patrocinaram a UEFA Euro 2016 e, há 25 anos, patrocina o Liverpool. A marca segue como a cerveja oficial do clube, desfrutando de exposição no entorno do gramado do Anfield e a possibilidade de utilizar a imagem dos jogadores em suas campanhas de marketing.

Imagem relacionada

Imagem: fanpop.com

Outra forma de visibilidade da marca é através de eventos e festivais. A cerveja Amstel, companhia holandesa que pertence à Heineken, é a nova marca patrocinadora da Copa Libertadores da América 2017 – maior competição interclubes do continente. O contrato tem vigência até 2020, e os direitos incluem ações e anúncios dentro e fora dos estádios, além de um prêmio exclusivo da Amstel para os melhores jogadores de cada jogo.

Há várias formas de unir a cerveja ao futebol. A Polar e a Brahma, rótulos da AmBev, lançaram em 2008 e 2010 latas temáticas de clubes. Imagem: Diário de Pernambuco

Com base nos estudos da FGV, a cada R$ 100 milhões investidos pela AmBev no futebol brasileiro, são gerados 14 mil novos empregos e R$ 336 milhões na economia do país. É um ciclo rentável e próspero, que fomenta a economia em larga escala.

O mercado do futebol, com certeza, dá retorno para as empresas cervejeiras. E não há dúvida sobre o potencial mercantil do produto, que praticamente se vende sozinho.

Aliado a uma boa divulgação, campanhas inovadoras, descontos aos sócios torcedores, visando o lado social, elaborando pesquisa de mercado e trabalhando com a paixão do torcedor, a cerveja mantém a coroa de bebida oficial do futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *