ALLIANZ PARQUE TOUR: ATIVANDO PELA EXPERIÊNCIA, POR IBRAHIN MOHAMED

Mais do que simplesmente receber jogos, shows e entretenimento em geral, os estádios de futebol (as novas arenas, necessariamente) são um importante ativo dos clubes para gerar receita. Que nos digam clubes como Palmeiras, Corinthians, Atlético-PR, Grêmio, Internacional e América-MG, que possuem arenas de infraestruturas modernas e inovadoras.

Um outro modo de gerar receita com um estádio é através da experiência, palavra-chave deste texto. Mas como fazê-lo, e por quê?

Philip Kotler, Irving Rein e Ben Shields, na obra Marketing Esportivo – A Reinvenção do Esporte na Busca de Torcedores, fizeram a seguinte afirmação:

As sinergias de mercado juntam produtos múltiplos e criam pontos únicos de compra para uma variedade de fãs. Elas combinam setores como esportes, música, moda, alimentos, refrigerantes e novas mídias em uma única experiência de entretenimento. A estratégia tem como objetivo comercializar não apenas um produto, mas um estilo de vida – que integre uma variedade de produtos capaz de envolver os fãs numa
experiência completa.

No último dia 8 estive no Allianz Parque para fazer o tour pela arena do Palmeiras. Havia duas opções de tour: convencional (por mim escolhida) e completo. No tour convencional (mais barato) pude visitar a arquibancada superior, o camarote da empresa Allianz, as salas para festas, uma nova sala de entrevistas coletivas, o vestiário principal e a entrada para o gramado. Já no tour completo (mais caro), além de todos os pontos citados, o torcedor tem direito a cobrar pênaltis em um dos gols do estádio, além de levar um pedaço do gramado pra casa.

Por este artigo quero levantar vários pontos a respeito do Allianz Parque Experience. Aqui vão eles:

PONTOS POSITIVOS:

  • Boa receptividade;
  • Funcionários bem informados e que prestaram ótimo serviço (a anfitriã do tour pelo Allianz Parque foi Luana Maluf, influencer digital e torcedora do Palmeiras);
  • Propiciamento bem feito de experiências (teste acústico do estádio, fotos de torcedores simulando uma apresentação com a camisa do Palmeiras e com a Taça Libertadores da América).

PONTOS NEGATIVOS:

  • Retirada das fotos impressas muito demorada (pelo menos 30 minutos de espera), além do preço (R$30 cada);
  • Brindes com elevado preço (um copo de volume de 500 mL com a hashtag #eufui custava R$10).

A realização de tours nas arenas é um modo de ativá-las através da experiência, das sensações. Esse tipo de serviço envolve uma alta carga emocional, onde o torcedor, de certo modo, se sente em casa e desfruta ao máximo dessa experiência. E é claro que essa tendência se tornará um padrão entre os clubes, que devem buscar constantemente novas maneiras de satisfazer os fãs e, consequentemente, gerar lucros.

Ativar através da experiência funciona muito bem. Pra você que ainda não conhece o estádio do Palmeiras, não perca a oportunidade. E se você já conhece o Allianz Parque, comente abaixo sobre a sua experiência e o que poderia melhorar. Até a próxima, amigos!

Foto: VerdãoWeb

Paulistano, 20 anos. Estudante de Marketing, técnico em Multimídia e um apaixonado por futebol, especialmente pelo Palmeiras. Com muita paixão e muito conhecimento, mudaremos o futebol brasileiro para melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *