DINHEIRO CHINÊS RESGATANDO UM GIGANTE, POR WILTON FELIZARDO

Milan começa uma nova era com investidor chinês no comando

A temporada 2017/2018 começou para o Milan e um novo tempo também. Após vários anos sem investimentos pesados, ao contrário nas últimas décadas, no início da era Berlusconi, o Milan recomeça com um novo dono.

Depois de vários meses de negociação e entraves para a aquisição da equipe, o grupo Chinês Rossoneri Sport Investiment Lux, do investidor Li Yonghong, acertou a compra de 99,93% das ações, do Milan no valor de €740 milhões (R$ 2,5 bilhões).

O torcedor Rossonero espera anos melhores, e tudo leva a crer que estes anos estão próximos, pois as contratações de melhor qualidade já começaram.  Os investimentos em contratações já ultrapassam os R$ 470 milhões de reais.  Entre eles o suíço Ricardo Rodríguez que estava no Wolfsburg, da Alemanha, Por R$ 56 milhões, Çalhanoglu, contratado junto ao Leverkusen, também da Alemanha, por R$ 93 milhões, o zagueiro Musacchio, que custou cerca de R$ 67 milhões junto ao Villareal da espanha, aos cofres do Milan, o jovem atacante português André Silva por R$ 142 milhões, vindo do Porto de Portugal. O Milan ainda contratou Borini, do Sunderland, por empréstimo, sem custos, com opção de compra.

Outros nomes de destaque, mas dentro da velha bota também foram contratados, o marfinense Kessié negociado por R$ 109 milhões, do Atalanta, o
argentino Biglia, da Lazio, saindo por R$ 52 milhões de reais, e o grande destaque deste pacote de jogadores foi o zagueiro Leonardo Bonucci, campeão italiano pela Juventus nas últimas 6 temporadas, com valores de negociação aproximados em €40 milhões de euros.

A temporada é de muita expectativa para os Milanistas e para os investidores chineses, que vão tentar ajudar a resgatar e recolocar esta grande equipe do futebol mundial, onde já passaram Costacurta, Maldini, Franco Baresi, Dida, Cafú, Pirlo, entre outros, no caminho das grandes conquistas.

E o primeiro desavio é na fase preliminar da Liga Europa. A equipe milanista venceu o primeiro jogo contra contra o Craiova, da Bulgária, por 1 a 0.    Lembrando que o clube rossonero ficou de fora das competições europeias nas últimas 3 temporadas.

Imagem: ACMILAN BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *